Información
Galicia

Primeiras peregrinas de Leste fazem caminho Braga-Santiago

Información
19 Septiembre 2018 458 votos

Caminho da Geira Romana e ArrieirosO novo caminho jacobeu que liga Braga a Santiago de Compostela, na distância de 240 quilómetros, está a ser percorrido a pé, pela primeira vez, por duas peregrinas oriundas de países do Leste da Europa.

Uma das peregrinas é Lana Mars, de 29 anos, que vive em Kiev, na Ucrânia, e começou o Caminho da Geira Romana e dos Arrieiros (ou Minhoto Ribeiro) em Braga na segunda-feira, 17, e pretende chegar à capital da Galiza em 10 dias.

 

A outra peregrina, que deseja reservar a sua identidade, é de Cracóvia, na Polónia, e iniciou o trajeto em Campo do Gerês no dia 11 deste mês. Como tem necessidades especiais, faz etapas pequenas, com o auxílio de um carrinho adaptado para transportar a mochila.

Um dos objetivos de Lana Mars, especialista em marketing digital e empreendedora, é continuar a escrever o livro que começou aquando dos seu primeiro caminho, no inverno do ano passado, altura em que percorreu, em 50 dias, a distância de 860 quilómetros entre Lisboa e Finisterra.

Quero concentrar-me no meu livro. Quero escrever diariamente para guardar todos os aspetos do caminho. O meu sonho é publicar o livro também em português”, refere a peregrina da Ucrânia, que decidiu fazer o traçado da Geira Romana e dos Arrieiros depois do “proprietário da pousada” onde dormiu, em Braga, lho ter descrito como “surpreendente e misterioso”. Esta terça-feira, 18, chegou à freguesia de Caldelas.

Por seu lado, a peregrina polaca, historiadora de arte e arquiteta, que se dedica ao património, chegou esta terça-feira, 18, a Feas, na região de Ourense. Já fez quatro itinerários de Santiago desde 2007 e sentiu-se atraída pelo Caminho da Geira Romana e dos Arrieiros porque não “tem o ambiente de competição” de outros percursos jacobeus e “é muito rico em beleza natural e patrimonial”.

Como sou historiadora, encanta-me o património rural, interessam-me os problemas das povoações (às vezes despovoadas) e os monumentos em geral. O património vivo interessa-me muito, bem como, por exemplo, as tradições orais e lendas”, afirma a peregrina, destacando que, “claro”, também lhe “interessa a reanimação” deste caminho entre Braga e Santiago de Compostela.

Estas peregrinas estão a palmilhar o traçado apresentado em abril de 2017, em Braga, pela Associação Jacobeia do Caminho Minhoto Ribeiro (AJCMR), percorrido em 2017 por cem pessoas, estimando-se que o número cresça no corrente ano.

O projeto que pretende reabilitar este itinerário histórico ganhou também a adesão da Associação Codeseda Viva que, como a AJCMR, pretende o reconhecimento do Caminho da Geira Romana e dos Arrieiros (ou Minhoto Ribeiro) e a sua consequente homologação até ao Ano Santo Jacobeu de 2021.

baner denuncia sistemajudicialcorruptoO sistema xudicial é pouco confiable segundo a maioría dos españois. Esta malfunción débese, principalmente, á impunidade dos funcionarios (policías, fiscais e autoridades xudiciais) e dos profesionais privados: avogados, procuradores e os colexios profesionais de ambos.
Esta disfunción xudicial esnaquiza a vida de demasiadas vítimas e ANVIPED foi creada en 2014 para defenderlles e así acabar con esta impunidade da que deriva o seu mal funcionamento.
Debemos crear asociacións para defendernos da "violencia que exerce o Estado" (Foro Social Mundial, 2011) Os xuíces españois case nunca cumpren a lei, polo que só traballamos en casos que incumplan leis europeas (dereito comunitario) para levalos ao Tribunal de Xustiza Europeo...(+)   ¡¡¡ Únete a nos !!!


 


Otros articulos relacionados.....